Obrigado por bandidos a cavar a própria cova, homem se finge de morto e consegue escapar; Mas o que chamou atenção foi que o... Ver mais
21/03/2023

PUBLICIDADE

Na noite da última quinta-feira, 16 de março, foi registrado um episódio de terror contra um jovem paranaense.

Um homem de 25 anos, identificado como Michel Salomão Matozo Ferreira, vivia um momento de desespero em Sarandi, município da região metropolitana de Maringá. Por muito pouco, ele conseguiu escapar.

No desespero, o homem se fingiu de morto

Segundo a Polícia Militar, quatro homens armados levaram Michel para uma área remota e com vegetação, longe da cidade.

Lá, o homem foi baleado duas vezes nas costas e também foi esfaqueado no estômago.

Após o ataque, os criminosos forçaram Michel a cavar sua própria cova, e Michel freneticamente e em desespero, o homem fingiu já estar morto tentando escapar da emboscada.

PUBLICIDADE

Fingindo-se de morto, três dos suspeitos fugiram do local enquanto o quarto enterrou a vítima.

Esperando o momento certo, Michel conseguiu escapar, correndo alguns metros e pulando em um buraco para se esconder do criminoso.

Após a fuga, Michel foi socorrido por um motorista que passava e levado ao pronto-socorro. Seu estado era grave e ele teve que ser hospitalizado.

Durante a investigação, a polícia encontrou diversos objetos usados ​​no crime, entre eles uma enxada e chinelos, próximo à cova cavada para enterrar o rapaz.

Debilitado, Michel contou à polícia o nome dos criminosos que o atacaram, mas os suspeitos ainda não foram presos.

O incidente está sendo investigado pelas autoridades locais e a polícia ainda está procurando pelos suspeitos. Michel foi hospitalizado e seu estado é considerado grave, mas estável.

PUBLICIDADE

A família do homem pede justiça

Os amigos e a família do homem pedem justiça e segurança para os moradores de Sarandi e região que sofreram violência e crimes nos últimos meses.

A situação de terror vivida pelo homem parece ter sido tirada de um enredo de um filme. É de fato, uma lição pra vida toda, já que ele teve a segunda chance que muitas pessoas não tiveram.

A situação que viveu será lembrada pro resto da vida como um grande golpe de sorte a vida lhe deu.

PUBLICIDADE

AD